CrimeDestaque
Em Destaque

Como evitar fraudes usando o nome da Autoridade Tributária: Seis dicas cruciais

Os golpes via mensagens que utilizam o nome da Autoridade Tributária estão mais sofisticados. Veja como se proteger.

Nos últimos tempos, tem havido um aumento significativo nas mensagens fraudulentas que utilizam indevidamente o nome de entidades oficiais como a Autoridade Tributária (AT). Estas burlas tornam-se cada vez mais sofisticadas, exigindo maior cautela por parte dos cidadãos. A DECO Proteste, organização de defesa do consumidor, partilha conselhos valiosos para auxiliar os consumidores a evitar cair nestes golpes.

Os alertas da AT sobre mensagens fraudulentas revelam que os burlões estão a usar técnicas cada vez mais avançadas para enganar os destinatários”, explica a DECO Proteste.

Aqui estão seis dicas essenciais para se proteger contra estas fraudes:

1. Verifique a Legitimidade do Remetente: As entidades oficiais não utilizam domínios de e-mail genéricos como Gmail, Hotmail, Outlook ou Yahoo. Verifique sempre o domínio do remetente.

2. Suspeite de Urgências: Mensagens que criam um sentido de urgência ou uma oportunidade rara devem ser vistas com desconfiança.

3. Cuidado com Hiperligações Suspeitas: Evite clicar em links que pareçam duvidosos ou descarregar anexos de fontes desconhecidas.

4. Atenção aos Alertas Oficiais: As entidades como a Autoridade Tributária e a Segurança Social frequentemente emitem alertas quando detetam fraudes. Mantenha-se informado através destes canais.

5. Erros Ortográficos e Coerência: Apesar de os métodos estarem mais sofisticados, a presença de erros ortográficos ou incoerências nas mensagens pode ser um indicativo de fraude.

6. Proteja os Seus Dados Pessoais: Nunca divulgue informações pessoais a remetentes ou páginas que não sejam absolutamente confiáveis.

Seguindo estas recomendações, é possível minimizar os riscos e evitar ser vítima de fraudes que utilizam o nome da Autoridade Tributária. Mantenha-se vigilante e informe-se através das fontes oficiais para garantir a sua segurança ‘online’.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito