CrimeDistrito de Setúbal
Em Destaque

Caso Jéssica | Suspeitos tentam apagar provas do crime

A PJ conseguiu reaver as provas

Os três suspeitos da morte da pequena Jéssica Biscaia aguardam julgamento em prisão preventiva decretada pelo juiz de Instrução Criminal do Tribunal de Setúbal, o CM na sua edição desta segunda-feira, adianta que Tita, Esmeralda e Justo, tentaram apagar provas do crime cometido na casa dos suspeitos.

Tita tentou pedir 40 euros a uma vizinha e pediu emprestado uma garrafa de lixívia, isto para que pudessem apagar provas do crime. Os três fugiram de autocarro via Marinha Grande até Leiria para casa da mãe de Tita.

Os suspeitos tentaram assim eliminar as provas e escapar à Polícia Judiciária, sendo detidos em Leiria num barracão abandonado. Tita e Justo estão acusados de vários crimes, incluíndo o de homicídio qualificado e rapto, Esmeralda é acusada de ameaças, extorsão e rapto.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito