Mundo

Casal no Reino Unido vive com 103 gatos em casa

O início da pandemia em 2019 alterou por completo o quotidiano desta família britânica. O pai, a mãe e a filha viram-se privados das suas ocupações durante o período de confinamento e ficaram com falta de atividades e entretenimento. Para escapar à monotonia trazida pelo vírus, resolveram reformar a sua casa para começar a resgatar gatos.

“No primeiro confinamento, percebemos que havia um problema sério e que os gatos não tinham para onde ir. Uma quinta ligou-nos a dizer que estava sobrelotada e não sabia o que fazer. Adotamos 18 gatos nesse dia”, revelou Tina Lewis ao canal televisivo BBC.

O marido de Tina, Mark, não “morria de amores” por animais até terem resgatado Whiskas, uma gatinha que encontraram em casa e que posteriormente acabou por desaparecer, deixando um desgosto na família.

A casa que até então estava adaptada para ser habitada por pessoas, rapidamente se tornou num abrigo para gatos. Na casa, existem várias camas, 30 bebedouros e 40 árvores espalhadas por toda a residência. Os animais acabam por dormir em todas as divisões da humilde casa desta família.

O número de gatos a habitar a casa está a subir de forma acentuada. O que começou como um abrigo para os animais está agora transformado num autêntico santuário felino, “há um mês tinha 47 gatos, agora, tenho 103, dos quais há cinco gatas que estão grávidas. Sabemos que, até ao final de novembro, ultrapassamos os 200 gatos”.

Para manter os animais com uma vida confortável, o casal já se livrou de inúmeros bens para conseguir suportar as despesas. “As despesas de alimentação são milhares e milhares de libras. Vendemos uma propriedade, o nosso carro e até a minha aliança de casamento para arranjar dinheiro“, confessou Tina.

Atualmente, têm-se sustentado com ajudas de seguidores nas redes sociais e da publicidade que conseguem gerar com o seu “templo de gatos”.

Imagem retirada da reportagem da BBC


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito