Distrito de Lisboa

Carlos Moedas diz que polícia municipal e EMEL vão facilitar durante a JMJ

"Foi uma ordem que dei", garantiu hoje o presidente da Câmara de Lisboa.

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa tranquilizou esta segunda-feira os habitantes da capital, especialmente os que moram e trabalham em plena baixa pombalina, sublinhando que deu ordens às autoridades municipais para serem “facilitadores e não fiscalizadoras”.

Carlos Moedas disse aos microfones da RTP que os comerciantes e restaurantes “podem trabalhar todos os dias, todos vão ter distribuição, à noite, e muitos até às 10 horas da manhã, se não conseguirem fazer essa distribuição alimentar e de produtos durante a noite”.

Recorde-se que que, devido à Jornada Mundial da Juventude (JMJ), os acessos e a circulação automóvel estarão extremamente limitados pelas autoridades, especialmente no coração da cidade, onde se vão desenrolar os principais eventos.

Carlos Moedas referiu ainda que “todos os lisboetas, aqueles que vivem nesta zona vermelha, podem estacionar o carro nas outras zonas”, acrescentando: “Há ordens expressas para a polícia municipal e para a EMEL para, nestes momentos, serem facilitadores e não serem fiscalizadores. Foi uma ordem que dei”.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *