MundoSociedade

Cão salva a vida ao dono que teve um AVC e morre de ‘tristeza’ ao ser separado do homem

Um cão morreu num abrigo para animais após ser separado do dono, dias depois de ter salvo a vida do idoso de 78 anos. O caso aconteceu na província de Zhejiang, no Leste da China.

De acordo com o jornal El Heraldo, Yang, dono do animal, vivia sozinho num apartamento na cidade de Hangzhou. Desde há nove anos que Awang é a única companhia do homem, um cão cruzado entre Golden Retriever e Labrador.

No final do mês de novembro, Yang sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) no interior da sua casa. Quando Awang se apercebeu que o seu dono estava a ter um comportamento anormal, começou a latir de forma contínua, alertando os vizinhos que se aperceberam e chamaram a polícia.

Quando as autoridades chegaram ao local, depararam-se com a vítima inconsciente no chão, debaixo de uma cadeira. Shen Jianhuan, um dos polícias que se deslocou ao local disse que ao entrar em casa de Yang, disseram ao cão:  “Estamos aqui para salvar o teu dono”. O animal aparentemente percebeu e deitou-se no chão sem atrapalhar o salvamento do idoso.

Depois de ser socorrido, Yang foi hospitalizado e Awang foi levado para um abrigo de cães abandonados.

Durante o tempo que passou no abrigo, o animal rejeitou-se a comer e beber, acabando por ficar doente. Awang não conseguiu superar a falta do dono que estava internado há 13 dias e acabou por morrer de ‘tristeza’ no dia 12 de dezembro, de acordo com o administrador do abrigo. 


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *