DestaqueGrândola
Em Destaque

Buscas por vítimas de naufrágio em Tróia continuam sem êxito

Após o naufrágio em Tróia no último domingo, os corpos das duas vítimas ainda não foram encontrados, diminuindo as esperanças de resgate.

As operações de busca para localizar as duas pessoas desaparecidas após o naufrágio em Tróia, ocorrido no domingo, continuam sem sucesso. O perímetro das buscas foi ampliado nesta terça-feira e será novamente expandido. O Capitão do Porto de Setúbal, Marco Serrano Augusto, relatou que até o momento não foram encontrados corpos ou objetos relacionados ao acidente.

“Alargámos mais as buscas, fomos até à zona da Comporta. Na zona do Carvalhal tivemos alguns avistamentos, mas era um tronco. Não se relacionava com o acidente”, declarou o capitão Marco Serrano Augusto.

Segundo o capitão, as possibilidades de localizar objetos ou corpos à superfície são agora limitadas, levantando a hipótese de estarem presos em redes ou submersos.

Para esta quarta-feira, o plano de busca permanece semelhante, com uma distribuição de meios que inclui um navio da República Portuguesa mais afastado da costa, uma lancha mais próxima, ‘drones’ e equipas terrestres da polícia marítima. As operações serão estendidas para áreas ao sul, até à zona do Pinheiro da Cruz, e em termos de longitude, até à zona de Sesimbra.

Enquanto isso, as famílias das vítimas recebem apoio psicológico. O proprietário do barco foi notificado e tem 10 dias para apresentar um plano de remoção.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito