Distrito de Setúbal

Brecha da Arrábida certificada como património mundial

Sessão realizada nos claustros do Convento de Jesus.

Na sessão realizada nos claustros do Convento de Jesus, organizada pela Câmara Municipal de Setúbal, pelo ICNF – Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas e pela NOVA School of Science and Technology, o edil de Setúbal André Martins recebeu um documento da União Internacional de Ciências Geológicas, parceira da UNESCO, que atesta a classificação da brecha da Arrábida como Heritage Stone – Pedra Património Mundial.

No evento, que assinalou o 47.º aniversário do Parque Natural da Arrábida, o autarca reafirmou a satisfação pelo reconhecimento da “importância histórica e da relevância arquitectónica das aplicações da brecha da Arrábida, aliadas aos valores geológicos, culturais e pedagógicos”.

“Se falo de satisfação, é mesmo esse o sentimento que nos ocorre quando sabemos que esta parte da nossa serra é vista como património mundial, uma distinção que, naturalmente, muito honra quem sempre se habituou a olhar para a Arrábida como algo de único e extraordinário”, afirmou.

André Martins lembrou que os municípios da região de Setúbal “tudo têm feito para valorizar e proteger este património mundial”, em particular pela acção das câmaras municipais de Setúbal, Sesimbra e Palmela, que possuem territórios localizados no Parque Natural da Arrábida.

Uma das acções de maior relevo, indicou, é a candidatura da Arrábida a Reserva da Biosfera junto da UNESCO apresentada pela Associação de Municípios da Região de Setúbal em parceria com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas.

O autarca sublinhou que a “paisagem singular, rica em património geológico, ecológico e cultural” da Serra da Arrábida, em que “património natural e cultural, material e imaterial se encontram indissoluvelmente ligados”, confere uma “identidade geográfica única e excecional, que se pretende classificar e reconhecer como Reserva da Biosfera da UNESCO”.

Habitada desde tempos imemoriais, a Arrábida é palco de actividades económicas diversas, sendo as mais características a pesca, a agricultura, a pecuária, a apicultura, e a produção de vinho, queijo e outros produtos regionais de qualidade comprovada, sem esquecer o turismo.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito