País

Bispo do Porto apela à criatividade de todos para aumentar a receita

Receitas na igreja caem a pique, de 60 milhões caíram para 35 milhões nos últimos anos.

Nem com a vinda do Papa Francisco a Portugal em agosto de 2023, a igreja católica consegue converter a situação que considera preocupante com a diminuição de receitas.

A diminuição de fiéis nas missas, fez com que houvesse uma quebra de receita nas caixas e nos ofertórios que registam uma quebra significativa.

A côngrua (direitos paroquiais) tão registou uma queda nos últimos quatro anos, para metade da receita.

Os donativos que eram entregues às igrejas, tem caído ano após ano, de 60 milhões, passaram para 35 milhões de euros. O bispo do Porto refere que “as receitas têm caído muito, é um facto. Mas temos que começar a ter mais criatividade económica, como, por exemplo, a rentabilização do património”.

Para este responsável da Diocese do Porto, a Igreja deverá colocar o seu património a rentabilizar para poder entrar receita que a igreja foi perdendo ao longo dos tempos.

Fátima em inverso

As paróquias estão a perder fiéis e receita, mas os santuários continuam a registar aumentos nos dois lados, de fiéis e de receitas. É o caso do Santuário de Fátima que em 2023 registou a visita de 6,8 milhões de peregrinos e uma receita estimada nos 21,7 milhões de euros.

Em 2023, os peregrinos cifraram-se nos 5 milhões e a receita em 18,5 milhões de euros. O ano foi bom para o Santuário, onde em 2023 esteve mais gente do que em 2019.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

11 Comentários

  1. Os filhos de Deus não adoram imagens, isso é idolatria, pecado aos olhos de Deus.

  2. Que lata se querem aumentar a receita deixem de viver na luxaria pra onde vai o dinheiro das esmolas? nao pagam impostos o dinheiro que cai em fatima?

  3. Pois é que vão cavar as terras que têm ó abandono que faço qualquer coisa útil para o país cambada de chulos a encherem o cu há conta das mentes fracas podiam trabalhar e pregarem as mentiras na mesma esses são os maiores pecadores

  4. Quando a igreja coloca o interesse financeiro acima da própria religião, está tudo dito.

    1. Carlos Marinho Desculpe-me esta forma de contato com você, compartilho esta informação desta forma, pois quero dar um presente para alguém que acredita em Deus. Meu nome é Christine cruger Finland e atualmente moro na França. Tenho câncer na garganta que é terminal, meu médico acaba de me dizer que meus dias estão contados por causa da minha saúde debilitada. Estou a planear fazer um donativo porque tenho um montante de 640.000€ na minha conta que não quero deixar no banco. Procuro alguém que possa herdar meus bens, então se alguém tiver interesse em herdar meus bens, pode entrar em contato comigo por email para saber mais motivos para minha doação.
      👇👇👇👇👇👇👇

      https://wa.me/message/7XLDZLYM5EIYC1

  5. Só se preocupam com a receita. Uma igreja que vive da luxúria e não pastoreia o rebanho, só pode ter uma religião falsa. Os clérigos deviam ter vergonha de adulterar a palavra de Deus na Bíblia.

    1. José Reis estavam habituados a receitinhas elevadíssimas…

    2. José Reis os vendilhões do templo. Deve ser para o vaticano ter mais receita para investir nas fábricas de armamento. É que agora as vendas estão em alta e há que aproveitar a conjuntura.