Famosos

Betty Grafstein acusada de ser “mazinha” e de dar “murros”: “não é flor que se cheire”

Betty Grafstein foi acusada por uma ex-empregada, a Maria da Luz, num vídeo gravado por Pedro Pico.

A colaboradora trabalhou dois anos nas casas de Sintra e de Nova Iorque: “A Betty também não é flor que se cheire, também é muito mazinha, especialmente para as mulheres. Tem muitos ciúmes. Chorei muito por causa dela, pois eu era nova e bonita.”

Completando: “Também tinha ciúmes das pessoas que iam às festas lá em casa e depois iam para a cozinha falar com a empregada”.

E acusou-a: “começou aos murros a uma batata que não estava cozinhada como ela queria”.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito