Distrito de Braga

Barcelos | Rede de mão-de-obra ilegal usava falsos cartões de cidadão para colocar imigrantes nas obras em Espanha e França

Imigrantes eram contratados para trabalhar na construção civil em França e Espanha.

A rede de mão-de-obra ilegal liderada por um casal de Barcelos, que foi desmantelada esta segunda-feira pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), é suspeita de fornecer cartões de cidadão falsos aos imigrantes contratados para trabalhar na construção civil em França e Espanha.

A notícia é avançada esta terça-feira pelo Jornal de Notícias, segundo o qual o casal, residente em Fornelos, Barcelos, contratava pessoas do Brasil, dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) e da América do Sul e chegavam a Portugal com visto de turismo, apesar de terem como destino o trabalho nas obras em França ou Espanha.

Para contornar as leis do trabalho, a rede fornecia documentos falsos aos imigrantes, que os mostravam às autoridades espanholas ou francesas em caso de fiscalização.

O SEF e a Polícia Judiciária encontraram na casa do casal perto de meio milhão de euros em notas, tendo sido ainda apreendidos três veículos da marca Porsche e dois Mercedes de gama alta.

Os cinco detidos são ouvidos esta terça-feira no Tribunal de Instrução Criminal (TIC) do Porto para aplicação de medidas de coacção.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito