DestaquePaís
Em Destaque

Ativistas não param e já danificam património

Dizem que é em nome do clima os seus protestos que tem acabado mal para muitos dos ativistas que na última semana tem protestado na capital. O último acontecimento foi a fachada em vidro da REN que foi destruído pelos ativistas.

Tem sido muitos os protestos que jovens ativistas tem realizado nos últimos dias na capital do país, o primeiro ato foi o “ataque” com bolas de tinta numa conferência realizada pela CNN Portugal com o alto patrocínio da GALP e da EDP, onde o ministro do Ambiente foi atingido por essas mesmas bolas.

Dias mais tarde, é a vez de vários ativistas protestarem sentados na 2.ª Circular, bloqueando o trânsito, os ânimos exaltaram-se com os motoristas a arrastarem os ativistas para as bermas para desbloquear o acesso.

Pouco tempo depois, os ativistas voltam à carga e desta vez bloqueiam uma das ruas de acesso ao Rato e à Assembleia da República, trancando o trânsito e a serem detidos pela PSP.

Este sábado, os ativistas, para demonstrar que não brincam em serviço, pelas 07h45 protestam à porta da REN fazendo estilhaçar a fachada de vidro da empresa.

Com cartazes a vermelho e preto, as duas ativistas do grupo Climáximo apelam a “Desarmas as Armas” e “Eles Declaram Guerra… Contra a Vida”.

Foto de ativista a beber água por uma garrafa de plástico

Foto Cortesia CNNPortugal

Uma foto onde se consegue ver um ativista a beber água por uma garrafa de plástico indignou os utilizadores das redes sociais, havendo logo comentários como “Quem defende o ambiente e a beber água por uma garrafa de plástico?” ou “Isto é defender o ambiente? Será que também não usam carro para se deslocarem ou transportes públicos?.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito