Atualidade

Atingido novo ‘extremo absoluto de precipitação’ em Portugal devido à depressão Óscar

Óscar causou novo máximo de precipitação

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera informa que «no decurso da passagem da depressão OSCAR pela Madeira, foi atingido um novo extremo absoluto de precipitação em Portugal».

O nome Óscar foi atribuído à depressão complexa, no seguimento dos critérios de emissão estabelecidos para a nomeação de tempestades da época 2022-2023.

Esta depressão transportava uma massa de ar tropical com um conteúdo em vapor de água excecionalmente elevado, o que resultou no agravamento geral do estado do tempo nos arquipélagos das Canárias e da Madeira.

Até ao meio da tarde de dia 6 de Junho «foi registada precipitação forte e persistente, por vezes acompanhada de trovoada, visibilidade reduzida e vento forte do quadrante sul (as maiores rajadas foram da ordem de 100 km/h, nas terras altas e 80 km/h nas regiões costeiras), com maior impacto nas vertentes sul e nas terras altas da ilha da Madeira».

Foram registados valores de precipitação muito elevados que correspondem a novos máximos históricos de precipitação em Portugal, em 24 horas.

O extremo absoluto diário da precipitação Nacional, associado à depressão OSCAR, é agora 497,5 mm, sendo que o anterior era de 346, 8 mm, registado em 08/04/2008.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito