Distrito de Portalegre

ASAE fecha local onde eram criados e assados leitões entre pulgas, carraças e ratos

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) desmantelou um local em Elvas onde se procedia de forma ilícita, camuflada e sem condições de higiene ao abate de animais, tendo apreendido 23 leitões e detido uma pessoa. Os animais eram criados, abatidos e assados no meio de ratos, carraças e pulgas.

Via comunicado, a ASAE explica que, além do abate de animais, o local servia ainda para “assamento dos mesmos e respectiva comercialização, sem a devida inspecção sanitária dos animais para despiste de doenças”.

A operação em causa ocorreu na sequência de uma investigação no âmbito do combate a ilícitos criminais contra a saúde pública, designadamente abate clandestino.

Foram instaurados dois processos-crime pela prática do crime contra a saúde pública de abate clandestino e outro pelo crime de desobediência, tendo sido apreendidos 23 leitões, com o peso total de 253 kg, “bem como embalagens utilizadas para colocação dos leitões assados, dissimulando a sua origem e induzindo o consumidor em erro, num valor total de 3.000 euros”.

Foi ainda detido um suspeito “já reincidente na prática destes ilícitos criminais” e foi determinada a suspensão total da actividade do assador de leitões não licenciado e sem condições mínimas exigíveis para o seu funcionamento. O detido era o dono do local, e já foi entretanto remetido à liberdade, com termo de identidade e residência, à espera de julgamento.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito