EconomiaPaís

Apesar da isenção do IVA, o preço da laranja vai aumentar

A Associação de Operadores De Citrinos Do Algarve (AlgarOrange), a maior associação portuguesa de operadores de citrinos, prevê um aumento do preço da laranja nos próximos meses, devido à quebra na produção, em cerca de 50%, apesar da redução do IVA para 0% que será aplicado ao fruto.

“Relativamente à laranja, é quase garantido, ou garantidamente, que os preços vão aumentar, porque a produção vai ser muito baixa, uma quebra de cerca 50%, e neste caso os preços sobem”, assegurou à agência Lusa o presidente da AlgarOrange, José Oliveira.

Sobre a medida negociada pelo Governo de baixar o IVA, o responsável da AlgarOrange acha que “é uma medida correta”, contudo afirma que “não se pode é ficar com a expectativa que esta medida vai travar um possível aumento de preços, porque no caso do produto laranja certamente não irá acontecer, devido à realidade que temos em termos de produção”.

Para José Oliveira, “normalmente quando há uma superprodução, nos anos a seguir há um abaixamento da produção”, apesar de as condições climatéricas também influenciarem os preços, “isso é normal ao longo dos anos”, acrescenta.

O Conselho de Ministros reuniu-se na segunda-feira, dia 3 de abrirl, por via eletrónica, para aprovar a proposta de lei que prevê a aplicação transitória de uma isenção de Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) aos produtos alimentares do cabaz alimentar essencial saudável, como medida de resposta ao aumento extraordinário dos preços dos bens alimentares.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito