Destaque

Ambulâncias retidas ‘por tempo interminável’ no Hospital Garcia de Orta denuncia ANTEM

A ANTEM – Associação Nacional dos Técnicos de Emergência Médica denuncia que há ambulâncias que ficam retidas durante mais de uma hora nos Serviços Médicos de Emergência do Hospital Garcia de Orta, em Almada.

Em nota enviada ao Diário do Distrito, a ANTEM refere que «lamentavelmente, continuamos a ter meios retidos por tempo interminável nos Serviços de Urgência, com esperas para triagem hospitalar de cerca de 01h30 de espera».

A Associação considera esta situação «profundamente lamentável, que se afigura incomportável para os pacientes, é também absolutamente insustentável, para os Serviços Médicos de Emergência debilitando a sua capacidade de resposta, já enfraquecida».

E lamenta que «uma vez mais podemos aferir que o dito ‘Sistema Integrado de Emergência Médica’, é incapaz de responder adequadamente, contrariando assim as palavras do mais alto dirigente responsável pela entidade a quem cumpre a coordenação deste».


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito