Atualidade

Alexandra Reis vai devolver parte da indemnização da TAP, mas ficará com 131 mil euros

A antiga administradora da TAP Alexandra Reis terá de devolver cerca de 214 mil euros à companhia aérea, ou seja, 42,8% da indemnização de 500 mil euros que recebeu aquando da sua saída, em Fevereiro de 2022. Nas prática, a antiga administradora fica com algo mais que 131 mil euros, escreve o Correio da Manhã esta quarta-feira.

A auditoria da Inspecção-Geral de Finanças (IGF) concluiu que a ex-governante tem de devolver 450.110 euros brutos, “sem prejuízo do direito ao abono dos dias de férias não gozados” na qualidade de administradora.

Assim, da indemnização de 500 mil euros que recebeu pela cessação de funções como administradora na TAP, Alexandra Reis terá de devolver à companhia aérea cerca de 214 mil euros, o que significa que, da indemnização recebida, a gestora ficará com 131 750 euros: 56 500 euros dizem respeito à cessação do contrato laboral como directora da TAP e 75 250 euros relativos a férias vincendas e não gozadas.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito