Alcácer do Sal

Alcácer do Sal | Zero critica plantação de 500 hectares de citrinos em zona de conservação

A associação ambientalista Zero criticou a ‘luz verde’ dada a um projeto agroflorestal, em Alcácer do Sal, para plantar «mais de 500 hectares de citrinos em plena Zona Especial de Conservação (ZEC) da Comporta-Galé».

Em comunicado enviado à agência Lusa, a Zero revelou que o projeto agroflorestal da Herdade da Batalha, cujo promotor é a empresa Azul Empírico, Lda, «recebeu ‘luz verde’ da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Alentejo», a autoridade de Avaliação de Impacte Ambiental (AIA).

No portal da Agência Portuguesa do Ambiente surge a informação de que o projeto obteve, no dia 3 de fevereiro, Declaração de Impacte Ambiental (DIA) com ‘parecer favorável condicionado’, emitida pela CCDR do Alentejo.

Para a associação ambientalista, «esta decisão abre caminho à instalação de mais de 500 hectares de monocultura de citrinos em plena ZEC da Comporta-Galé», que reconfigura um projecto anterior da Herdade da Batalha que previa a implementação de uma monocultura de abacate, passando a promover a produção de tangerinas, no mesmo regime.

Segundo a Zero «o investimento aparenta não ter uma verdadeira componente agroflorestal, pelo contrário, levará à conversão de área florestal em área agrícola, com cerca de 540 hectares em regime de monocultura de regadio», pelo que «este projeto entra em aparente contradição com as medidas de conservação regulamentares do plano de gestão proposto para a ZEC Comporta-Galé, que prevê a interdição da alteração de uso florestal para uso agrícola, ou a alteração entre tipos de uso agrícola».

No comunicado, os ambientalistas avisaram também para «a crescente artificialização da Rede Natura 2000, uma situação que espelha o que tem vindo a acontecer nas áreas de Rede Natura 2000 em Portugal» lamentam.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito