Crime

Advogado acusado de 338 crimes 

A investigação do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) culminou num escritório de advogado em Lisboa que liderava uma rede de falsários.

Em causa está a falsificação de documentos para a legalização fraudulenta de um vasto número de imigrantes que entravam no país.

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) iniciou uma investigação que culminou num escritório de um advogado em Lisboa, sendo este o principal arguido de um processo com 11 acusados e que irá julgar ainda uma rede que se dedicava à falsificação de documentos e ao auxílio à imigração ilegal.

O Departamento de Investigação e Ação Penal de Lisboa, apresentou um processo com 338 crimes. O advoga e uma colaboradora foram detidos em dezembro de 2021. Segundo o SEF, ambos geriam uma empresa de assessoria para praticar o ato ilícito.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito