Opinião

A casa de papel

Uma crónica da inteira responsabilidade de João Garrett Condelipes

A novela TAP, tem novos capítulos, a empresa paga mensalmente 18000€ a Christine Ourmiéres-Widener, para não exercer funções na concorrência, ou seja, para não trabalhar! Enquanto isso, foi tornado público, que existe mais um caso, Alexandra Reis, um ex-administrador da TAP, recebeu 1.350,000€ de indemnização de pré-reforma, em mais um ato de gestão de recursos humanos ilegal?

Manifestantes, tentaram invadir a representação do Ministério da Agricultura em Évora, em protesto contra a falta de apoios do Estado. Nos hospitais portugueses, aumentam os relatos de utentes que passam fome, a quando, estão a cargo das instituições. Casos como em V. F. de Xira e Santa Maria, onde se constataram utentes que choravam com fome. Isto não é digno, de um país supostamente da União de Europeia, mas é este, o SNS da esquerda.

No seguimento do crime, ocorrido no Centro da Comunidade Islamita de Lisboa, envio as minhas mais sinceras condolências ás famílias das vítimas, e espero que a justiça portuguesa tenha mão pesada, com quem perpetuou este crime.

O secretário geral do PSD, Hugo Soares, afirmou num debate na CNN, “não é decente, ou admissível, tentar obter ganhos políticos com um crime, estas são as linhas vermelhas, que o PSD não ultrapassa”, alguém ficou literalmente a falar sozinho. A melhor resposta, foi o anúncio da Comunidade Islamita de Lisboa, na disponibilidade que os filhos do cidadão que cometeu o crime, fiquem a seu encargo.

Desde setembro de 2022, que o PSD, sobre a liderança de Luís Montenegro, lançou o programa Sentir Portugal, em que o presidente do partido, passa uma semana num distrito do país, e é o próprio Luis Montenegro, que vai visitar todos os concelhos.

Esta semana, o PS ao abrigo do Conselho de Ministros descentralizado, visitou o distrito de Setúbal. Claro que Costa assegurou estar protegido, pois é difícil ser publicamente apupado, por exemplo, no interior da fábrica da Navigator, foram os ministros que se espalharam pelos concelhos.

No entanto, é de salientar, que ter o órgão máximo do poder político no distrito de Setúbal, o meu distrito, é sempre um facto positivo (supostamente). Mas o que é verdadeiramente importante, é salientar, o que de facto o Governo veio fazer ao distrito?

A resposta é simples, e de fácil aferição. Costa veio ao distrito de Setúbal, novamente com mais promessas de futuras inaugurações, construções e projetos, mas que não passam dos mesmos anúncios do passado, mas que nunca viram a luz do dia, ou seja, uma casa de papel. O que se assistiu, foi a um mar de propaganda eleitoral, com a conivência dos autarcas Socialistas do distrito.

Haja memória coletiva em 2025, todas estas dezenas de selfies, partilhadas nas redes sociais dos canais oficiais de comunicação dos municípios, deverão servir de arquivo, aos munícipes do distrito, para nas próximas eleições autárquicas, recordarem-se bem, dos rostos que defendem, representam, e apoiam Costa e este total (des)governo. São estes senhores e senhoras, que representam o antigo número 2 de Sócrates, nos nossos concelhos, e tudo de bom, que fazem e fizeram ao país, como a 3ª banca rota.

Passados mais de 7 anos de governação PS, o que verdadeiramente interessava ao distrito, é que pelo menos um autarca, tivesse a verticalidade de questionar diretamente o executivo, e em público, afinal deslocaram-se á península de Setúbal agora, porque razão:

– Veem novamente inaugurar pela 3ª vez, a depuradora de bivalves no Barreiro?

– Veem pela 4ª vez, lançar a 1º pedra do Hospital do Seixal?

– Veem prometer novamente a travessia Seixal / Barreiro?

– Veem trazer as baterias para os barcos da Transtejo?

A imagem que este PS deixou, é que esta visita foi somente uma questão de cosmética, tendo em vista, os baixos índices de popularidade de Costa e do Governo. Aos nossos autarcas de esquerda, principalmente os do arco ribeirinho, á mais de 2 mil anos, Jesus Cristo afirmou, “diz-me com quem andas, dir-te-ei…”

João Garrett Condelipes, vice-presidente do PSD de Alcochete, e membro da Comissão Política Permanente, Distrital do PSD de Setúbal


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito